Em primeiro lugar, quando você pensa em artesanato indígena, você pensa em milhares de objetos, eles podem ser feitos de miçangas, madeira, folhas de palmeiras, sementes, cipó, couro, casca de coco, dentes, conchas, entre outros. Um exemplo é o cestário, que pode ser feito de vários formatos, cores e trançados. Feito de forma simples tem grande utilidade dentro do dia-a-dia, e acima de tudo é um objeto lindo de decoração.

Artesanato cestário indígena – Artesanato feito de tiras de couro, trançados a mão em vários formatos e tamanhos.

Diferentes formas para o uso do cestário:

  • Peneirar farinha;
  • Coar líquido;
  • Armazenar grãos;
  • Transportes de cargas;
  • Para guardar diferentes materiais.

Além disso a matéria prima do cestário é retirado da natureza, como palha e folhas de palmeira. Logo sua fabricação e descarte não prejudica a natureza. Geralmente ele é confeccionado pelas mulheres da aldeia.

As jovens mulheres de uma tribo indígena só começam a confeccionar artesanatos a partir do momento que se tornam mulheres, ou seja, a garota que virou mocinha, ficou menstruada pela primeira vez ficará afastada e terá toda uma preparação para assim começar a ajudar.

O artesanato representa ainda uma importante alternativa econômica de comércio para as tribos.

Acesse nosso Facebook e Instagram para acompanhar nossas novidades.

Se você tem alguma dúvida ou tem alguma sugestão, clique aqui.

Antes de tudo, fica aqui meu agradecimento às tribos que nos permitem entrar em seu mundo e trazer para as grandes cidades as suas artes.

Deixe uma resposta